fbpx

Doenças Negligenciadas

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), entre as doenças negligenciadas mais conhecidas, estão a Tuberculose e a Hanseníase.

Somente a Tuberculose é responsável por cerca de 200 casos por dia no Brasil. Trata-se de uma doença grave, causada pela Mycobacterium tuberculosis, que afeta, principalmente, os pulmões. Há, também, a tuberculose multi drogarresistente (MDR), quando a infecção é resistente a rifampicina e isoniazida, as duas mais poderosas drogas de primeira linha para o tratamento da doença.

Já a Hanseníase, conhecida como uma das doenças mais antigas da humanidade, é desencadeada pela bactéria Mycobacterium leprae. Ela atinge, principalmente, os nervos periféricos e a pele. Caso chegue ao quadro mais grave, a doença pode resultar em incapacidades físicas.

Apesar de as doenças terem tratamento, muitas vezes eles não são assertivos, já que as bactérias podem apresentar resistência.

SOLUÇÕES EM DIAGNÓSTICO MOLECULAR

O exame molecular para Tuberculose analisa o material genético do Mycobacterium tuberculosis em amostra de secreção pulmonar. Este exame é baseado nas metodologias de PCR e DNA Strip e possibilita detectar se a bactéria presente no organismo é resistente aos principais medicamentos utilizados no tratamento da Tuberculose.

No caso da Hanseníase, é realizada a detecção de resistência às drogas de primeira e segunda linha. Isso permite um tratamento precoce e adequado.

O iD8 Inovação em Diagnóstico oferece as seguintes soluções:

Hanseníase

Identificação de Resistências (Rifampicina, Fluoroquinolonas E Dapsona)

Tuberculose

Identificação E Resistência De Drogas De Primeira Linha

Tuberculose

Identificação E Resistência A Etambutol E Drogas De Segunda Linha

Tuberculose

Identificação E Resistência De Drogas De Segunda Linha – Detecção Ampliada

Complexo M. Tuberculosis E 20 Espécies De MNT

Amostras Clínicas

Patógeno identificado

Complexo M. tuberculosis, resistência à rifampicina e isoniazida.

Amostra

  • Baciloscopia positiva ou negativa de amostras clínicas pulmonares ou de amostras de cultura.

Metodologia

  • PCR e DNA-STRIP
| NEWSLETTER

Fique por dentro e receba
as nossas novidades

Disponível de segunda à sexta, das 9h às 22h e sábado das 12h30 às 20h